Home » Uncategorized » Desabafo

Desabafo

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Como algumas pessoas sabem, me separei recentemente. É uma situação complicada e não será o tema principal desse post, mas sim o que pude enxergar e aprender nesse meio tempo. Para ser mais específica, vou falar do reflexo que isso teve na minha vida e na do pai das crianças.

A diferença de como algumas pessoas enxergam isso é GRITANTE. Por exemplo, quando ele sai para se divertir, ninguém, digo ninguém mesmo, pergunta com quem ficou as crianças, ninguém procura algum motivo para criticá-lo, pois é óbvio que as crianças estão com a mãe e é óbvio que isso é visto como uma situação comum. Por outro lado, quando sou eu a pessoa que sai para se divertir, na maioria das vezes tem alguma pessoa para perguntar sobre as crianças (não que seja algo que me incomode, pois em 99% das vezes eu toco no nome delas), o incômodo começa quando se torna um absurdo o pai ter ficado com as crias para eu poder sair. Vamos aos fatos… Sempre dividimos as despesas, os trabalhos domésticos, a criação dos filhos, então por qual motivo é algo comum eu ficar com as crianças para ele sair, mas algo absurdo se ele fizer o mesmo? Eu sinceramente não entendo essa lógica.

16003128_1280540298691646_2068138972606899844_n

Recebi muito apoio da maioria das pessoas, mas sempre tem aquela % minúscula que chega para querer criticar, afinal… na cabeça de algumas pessoas, a mulher mãe tem obrigação de aceitar tudo para não acabar com um casamento, pois acham bonito manter um relacionamento (mesmo que internamente esse casamento não seja fofo como parece), no caso, preferem manter um relacionamento por status.

Me desculpe, se pra você é mais saudável para uma criança ver a mãe diariamente chorando, aceitando traições, humilhações, agressões físicas/psicológicas, etc, mas se manter casada pois a ”mulher sábia” sabe como mudar e moldar seu marido, OK, é sua opinião, mas EU não penso assim. Somos adultos, um relacionamento precisa ser fonte de apoio sim, mas personalidade é algo nosso, e para mim, se manter num relacionamento agressivo NÃO é solução, nem algo saudável para os filhos. (Não estou falando que esse foi o motivo da minha separação, ok? Estou falando num modo geral). 

Se você não tem nada para agregar, é melhor ficar quieto. Ninguém se separa por diversão ou sem motivo, só quem sabe o que vive é quem realmente passa, então realmente se você não tem nada de bom para falar, FICA QUIETINHO!

Até na parte dos estudos isso reflete… Incrível! Uma pessoa teve a coragem de me perguntar pra que eu quero fazer faculdade, afinal… eu já tenho 2 filhos, um casamento que não deu certo, pra que ir estudar? E as crianças, vão ficar com quem? O certo é eu tentar de todas as formas voltar com meu ex e voltar a ter minha família. Ah…são tantas opiniões desnecessárias! São tantas críticas sem fundamento!

Para mim muito disso tudo não passa de MACHISMO! Como eu disse em um outro post

“Na boca de gente machista, mulher não pode ter desejos, mulher não pode namorar, mulher não pode ter prazer, mulher não pode ser livre. Lugar de mulher (e mãe então) é em casa, cuidando dos filhos e só. Se ela sai desse padrão ela é uma má mãe, uma mulher “para curtir” não “para casar”,afinal, liberdade e mulher são coisas que não combinam.”

Ah, gente… É um desabafo gigante. Na minha cabeça as coisas funcionam assim: Vou continuar seguindo, dando um passo de cada vez. Vou continuar priorizando meus filhos, pois em momento algum essa parte mudou para mim. Vou continuar lutando por minha FELICIDADE também e eu sei que em algum momento as coisas vão ficar estáveis outra vez.

Um beijo, Thaisa.

 

 

Comentários

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Sobre Thaisa Barros

Thaisa Barros, Recifense, criadora da Super mamães, mãe do Vinícius e da Alice, esposa do Rafael.

Verificar também

A festinha da Alice

Compartilhamentos Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Antes da festa: Nunca mais vou …

imagem de amigos felizes

Depois da maternidade existem dois tipos de amigos

Compartilhamentos Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.“Depois da maternidade existem dois tipo …

Um terror chamado: Lista de convidados

Compartilhamentos Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Um terror chamado: Lista de convidados. …

Send this to friend

Powered by themekiller.com